A Semana Santa, dia por dia: Segunda-Feira

O que Jesus fez no dia seguinte ao Domingo de Ramos?

Vários estudiosos afirmam que não é possível reconstituir o dia-a-dia da última semana de Jesus devido às lacunas históricas e a episódios que não se encaixam numa cronologia perfeita. Além disso, o Evangelho de São João propõe um cenário bem diferente (talvez como interpretação teológica) da Última Ceia e da relação entre ela e a Páscoa.

A sequência de fatos que costuma ser recapitulada, portanto, obedece basicamente aos Evangelhos sinóticos (São Mateus, São Marcos e São Lucas). Naturalmente, cada evangelista recorda ou destaca momentos e episódios de modo próprio, o que constitui diferenças em detalhes, mas não diferenças de fato. A reconstituição que é possível de ser feita compõe assim um cenário provável, mas não inquestionável, da última semana de Jesus. Isso, porém, diz respeito à perspectiva histórica, já que a perspectiva salvífica é luminosamente clara: a liturgia da Semana Santa celebra na comunidade da Igreja a realidade central da nossa fé, que é nosso Senhor Jesus Cristo, Vivo e Ressuscitado, após triunfar na suprema prova de Amor da Sua Paixão e Morte.

Recapitulando: o Domingo de Ramos

A Semana Santa começou ontem, com a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Na manhã de domingo, narrada pelos quatro evangelistas, a procissão com os ramos em mãos nos transformou em parte daquela multidão que recebeu Jesus como Rei. De acordo com Marcos, 11,11, Jesus voltou naquela mesma noite para Betânia, na periferia de Jerusalém. Talvez Ele tenha ficado com seus amigos Marta, Maria e Lázaro. Foi uma noite em que Jesus considerou em Seu Coração os dias tão difíceis que o esperam.

A Segunda-Feira da Semana Santa

De acordo com Mateus 21, Marcos 11 e Lucas 19, Jesus retorna hoje a Jerusalém e, vendo as práticas comerciais vergonhosas realizadas na área do templo, reage com zelosa indignação, expulsando os vendilhões e denunciando que eles transformaram a casa de Seu Pai num covil de ladrões.

O Evangelho de João registra ainda que Ele repreendeu a incredulidade das multidões.

 

Marcos, em 11,19, escreve que Jesus volta para Betânia também nesta noite.

 

Oração: ofereçamos a Jesus uma prece de gratidão pelo Seu zelo em nos purificar

Reflexão: nós também insistimos em transformar a religião numa atividade com fins de vantagem material?

 

Fonte: https://pt.aleteia.org

 

 

Comentários

Congresso